8 junho 2018

Gestão

BIM e ERP: integração de informações na construção civil

Original de Buildin
BIM e ERP
0

Você sabe que adotar um sistema de gestão para a sua construtora, como um ERP, faz toda a diferença no dia a dia empresarial, não é mesmo? Aqui no Buildin, já falamos sobre os 5 motivos pelos quais adotar um ERP eficiente é a melhor estratégia para deixar de lado suas planilhas no Excel. Sabendo disso, é preciso levar em conta também outros fatores como a integração do software com a tecnologia BIM.

Por isso, neste post você vai entender o motivo pelo qual é importante integrar informações na construção civil entre BIM e ERP.

Boa leitura!

Tecnologia BIM

Cada vez mais discutido, o BIM vem ganhando força entre os profissionais da construção civil. Até o próprio Governo Federal já percebeu a relevância dessa tecnologia para o setor. Neste sentido, pouco a pouco construtoras e incorporadoras devem começar a adotar a ferramenta.

A sigla BIM significa Building Information Modeling. O mesmo que Modelagem de Informação da Construção, em português.

O BIM nada mais é que uma maneira eficiente de reunir todas as informações de uma construção de forma integrada e organizada. Esse conjunto de informações vai desde o modelo em si da edificação até seu orçamento, por exemplo. Isto é, acompanha a obra em todo o seu ciclo de vida.

Além de integrar todos os dados em um único local, o seu uso também facilita o compartilhamento do projeto entre diferentes profissionais durante o processo de construção. Esses profissionais podem inclusive trabalhar no mesmo projeto e ao mesmo tempo! Desde arquitetos, engenheiros, projetistas, fornecedores de materiais, gerentes ambientais e clientes. Assim, todos podem interagir com o projeto de um edifício, gerando maior valor agregado.

BIM e ERP

Mas é possível otimizar ainda mais o uso da tecnologia BIM. Existem softwares ERPs capazes de fazer a integração com o BIM. Assim, você pode, em um só lugar, gerenciar todas as etapas da construção de um empreendimento.

Dois exemplos de softwares que oferecem a possibilidade de unir BIM a um ERP são o Sienge e o UAU. Em ambos, você pode trabalhar no seu projeto em uma plataforma de modelagem BIM e vincular os elementos construtivos do projeto com o ERP.

Assim, fica mais simples executar projetos e obras de engenharia e arquitetura, reduzindo o tempo e custos envolvidos e aumentando o intercâmbio de dados.

Por que integrar informações?

Há diversas razões para responder a essa pergunta. Mas vamos listar 3 delas para você e entender os benefícios de unir BIM e ERP. Acompanhe!

  • Diminui o retrabalho

Com a integração entre BIM e ERP, você não precisa passar todos os dados de um para o outro. As informações inseridas no seu projeto BIM são automaticamente aproveitadas no ERP.

Por exemplo, ao criar um projeto dentro de uma plataforma de modelagem BIM você tem a estimativa do orçamento. Caso o BIM esteja integrado a um software de gestão, os dados estimados serão passados diretamente de um para o outro.

  • Aumenta a produtividade

Utilizando um software ERP integrado ao BIM, você diminui o tempo que precisaria para levantar quantitativos e fazer o cadastro de orçamentos. Um trabalho que poderia durar semanas, dura apenas alguns minutos, o que aumenta a produtividade da equipe.

  • Garante dados assertivos

Se o trabalho é feito de maneira automatizada, por meio das duas ferramentas, os orçamentos do ERP estão delimitados às informações do projeto BIM. Dessa maneira, os dados vêm apenas de um lugar. As informações ficam mais consistentes, evitando erros e conflitos de dados.

Entenda como o BIM e ERP se complementam

Clique na imagem para melhorar a visualização.

BIM e ERP

Fonte: http://www.metaphorix.co.uk/bim-and-erp-integration/

 

 

Foto do Autor

Autor
Vanessa Farias

Jornalista e Analista de Conteúdo do Buildin.

Comentários