Uma senha sera enviada para seu e-mail

Ontem recebi uma mensagem pelo LinkedIn que me fez pensar:

“Quais conselhos o senhor indicaria a um engenheiro praticamente recém-formado? Ex: Quais especializações estão em alta, quais livros o senhor indicaria?”

É claro que várias respostas são possíveis em função da carreira e da especialidade pretendida. Mas o que eu poderia aconselhar a esse jovem que pudesse fazer uma enorme diferença para ele em qualquer escolha futura? Como poderia realmente ajudar a “ensiná-lo a pescar”?

Três itens me vieram na cabeça e que me pareceram fundamentais:

  1. Domínio da língua inglesa: Esse aprendizado é essencial uma vez que praticamente todo o conhecimento humano hoje é publicado em inglês. Quando falo em domínio, é domínio mesmo, na leitura, na escrita, na fala e no entendimento do inglês falado. Conduza todo seu esforço nesse sentido, pois esse é o conhecimento (e habilidade) mais importante e que mais vai lhe ajudar em toda sua vida.
  2. Crie o habito da leitura: Leia pelo menos 2 livros por mês. Faça isso um habito religioso. Essa é a maneira que você desenvolverá sua capacidade de aprendizado. Se for possível, faça também um resumo das partes mais importantes de cada capitulo e grife as partes conceitualmente mais significativas. Essa é a maneira mais efetiva e barata de adquirir conhecimento, raciocínio sistêmico e capacidade crítica que existe.
  3. Faça um curso de Project Management: se possível, certifique-se pelo PMI (Project Management Institute). O domínio dos conceitos de Project Management lhe ajudara a entender, desenvolver e administrar qualquer tipo de sistema de gestão no futuro, seja de que área da engenharia for. É um conhecimento que será útil em toda a sua vida e que formará a base de sua capacidade gerencial.

Pensei em outros itens, mas esses três já tomariam bastante tempo de qualquer engenheiro em formação e são os principais.

Esse é o conselho que eu procuraria seguir se eu tivesse começando hoje. Espero que possa ser útil a mais alguém.