Uma senha sera enviada para seu e-mail

Ao final deste post há um desafio interessante sobre a Curva ABC de Serviços. Quero saber como VOCÊ responde.

 

As utilidades da Curva ABC de Serviços

Embora a utilidade maior de um orçamento seja mostrar o custo total estimado da obra, alguns subprodutos gerados durante o processo de elaboração do orçamento chamam a atenção por sua relevância. Um deles é a Curva ABC, que na verdade pode ser dividida em Curva ABC de Serviços e Curva ABC de Insumos.

A Curva ABC de Serviços consiste na ordenação dos serviços da planilha orçamentária em ordem decrescente de custo total, com as colunas de percentual simples e acumulado. Seja, por exemplo, o orçamento hipotético mostrado abaixo:

Curva ABC de Serviços - Tabela 1

Sua curva ABC seria:

Curva ABC de Serviços - Tabela 2

 

Nome da Curva ABC de Serviços

O nome ABC provém das faixas que podem ser definidas nessa tabela decrescente:

  • Faixa A – engloba os serviços que perfazem 50% do custo total da obra;
  • Faixa B – avança do final da Faixa A até 80% do custo total;
  • Faixa C – são os serviços restantes.

 

Qual a importância da Curva ABC de Serviços? São várias. Destacamos algumas:

Permite identificar os serviços mais representativos no custo total da obra

Os serviços do topo da curva ABC são os que mais pesam no total do orçamento. Obviamente, são esses serviços que precisam ser orçados com mais atenção e conferidos por quem aprova o orçamento;

 

Permite priorizar a negociação de certos serviços

No caso de subcontratação de serviços, aqueles serviços que ocupam as posições mais altas na Curva ABC deverão ser objeto de negociação mais cautelosa do que serviços de menor representatividade no todo. Existem empresas que usam a Curva ABC como mecanismo de governança durante a execução da obra:

  • Faixa A – serviços precisam ter orçamento/contratação aprovado(a) pela diretoria e devem ter 5 cotações;
  • Faixa B – serviços precisam ter orçamento/contratação aprovado(a) pela gerência da obra e devem ter 3 cotações;
  • Faixa C – têm níveis mais baixos de restrição.

 

Permite avaliar o impacto em casos de aumento

É bastante comum que alguns serviços venham a ser contratados ou executados a um custo diferente do orçado. Esses desvios têm impacto diferente no resultado da obra a depender da posição que ocupam na Curva ABC.

 

Desafio sobre Curva ABC de Serviços

A construtora deu um preço global a seu cliente para construir um prédio. Ocorre que a avaliação da construtora quanto às fundações foi equivocada e não há margem para renegociação do preço da obra.

Supondo que as fundações custarão 30% mais do que orçado e que a equipe estima que será possível recuperar esse estouro na contratação das INSTALAÇÕES, que meta de desconto (em %) em relação ao orçamento o gerente deverá impor a sua equipe a fim de manter o orçamento total inalterado?

Responda abaixo nos comentários.