Uma senha sera enviada para seu e-mail

Garantir a competitividade das construtoras é algo que passa por alta produtividade, redução de desperdício, menor dependência de mão-de-obra e controle sobre custos e qualidade. E é justamente nesses pontos que as estruturas de aço se mostram mais atraentes.

Afinal, conseguir isso com métodos construtivos artesanais, tijolo a tijolo, é muito difícil, para não dizer impossível. Não à toa é crescente no Brasil o interesse por métodos construtivos industrializados.

As estruturas de aço para edifícios, em substituição a elementos estruturais de concreto moldado in loco e outros materiais, são exemplos de solução que permite transformar o canteiro de obras em uma linha de produção.

As peças são produzidas na fábrica em medidas específicas para atender ao projeto e chegam à obra prontas para a montagem, normalmente feita com ligações parafusadas ou soldagem.

Neste post, explicamos de que forma a estrutura metálica pode proporcionar ganhos financeiros e ambientais ao induzir uma construção mais limpa e racional. Confira a seguir!

Aplicações das estruturas de aço para edifícios

O aço é um dos materiais mais versáteis da indústria da construção civil. É possível ver perfis metálicos e peças de aço utilizadas desde as fundações até a cobertura!

Fundações profundas

Os perfis de aço estrutural podem ser usados em estacas, em substituição às equivalentes de concreto. Nesses casos, as barras de aço agregam vantagens nos quesitos desempenho e velocidade de execução.

Afinal, chegam prontas ao canteiro e têm maior facilidade de penetração em solos de alta resistência. As estacas de aço garantem, ainda, menores transtornos à vizinhança e mínima geração entulhos.

Elementos estruturais

O aço também pode é bastante utilizado nas estruturas de aço para edifícios na forma de elementos como pilares e vigas. Nessas situações, a estrutura metálica agrega precisão e rapidez à construção.

Steel deck

Na construção de edifícios com múltiplos pavimentos, uma aplicação importante das estruturas de aço para edifícios é compondo o steel deck.

Trata-se de uma laje mista de aço galvanizado que funciona como armadura positiva da laje, serve de molde para uma capa de concreto e como plataforma de trabalho durante a obra.

Light steel framing

O aço é a matéria-prima principal do sistema construtivo light steel framing (LSF). Esses tipos de estruturas de aço para edifícios são cada vez mais utilizadas para a construção de casas e pequenos edifícios, além de estruturas de postos de combustíveis, agências bancárias, concessionárias de veículos etc.

O steel framing é composto por perfis de aço galvanizado formados a frio e que formam painéis estruturais, vigas, tesouras de telhado e demais componentes da construção.

Vergalhão cortado e dobrado

O aço também contribui para a industrialização no canteiro quando fornecido na forma de vergalhão cortado e dobrado para uso em armações de concreto. Embora não sejam utilizados para estruturas de aço para edifícios, o material chega à obra pronto para montagem nas fôrmas.

Assim, reduz a necessidade de mão de obra, bem como de áreas reservadas para a pré-montagem. Além disso, a tecnologia é economicamente viável ao reduzir os índices de desperdício de material para menos de 3% e gerar ganhos de produtividade;

Chapas de aço inoxidável, galvanizado ou patinável

Também podem ser usadas em revestimentos externos das edificações, agregando estética refinada e baixo custo de manutenção. Fachadas de edifícios comerciais, arenas esportivas, indústrias, shoppings, entre outros que utilizam estruturas de aço para edifícios, vêm tirando proveito dessa solução de acabamento;

Coberturas de aço

São muito utilizadas, especialmente em aplicações que precisam vencer grandes vãos com poucos apoios, caso de galpões comerciais, indústrias, centros de distribuição e supermercados. Para essas aplicações, o mercado dispõe desde telhas simples onduladas aos modelos trapezoidais, zipados e cônicos.

A Arena Allianz Parque, em São Paulo, é um exemplo de aplicação de placas de aço inox perfuradas na fachada e de utilização de coberturas com telhas de aço. O empreendimento inclusive, foi um dos vencedores do Prêmio Talento Engenharia Estrutural de 2017.

Você deve estar pensando que esse tipo de solução é muito cara e não serve para sua construtora, não é mesmo? Não se engane. Construir em aço não é necessariamente mais caro

Viabilidade econômica de estruturas de aço para edifícios

Antes de escolher um sistema construtivo é importante que se faça uma rigorosa análise das características da obra que impactam os custos. Entre eles, podemos destacar:

  • Tipo de fundação
  • Tempo de construção
  • Tipo de ocupação
  • Disponibilidade e custo dos materiais
  • Recursos da construtora
  • Local da obra e acessos
  • Possibilidade de adaptações
  • Compatibilidade com sistemas complementares
  • Manutenção e reparos
  • Vãos livres
  • Altura da edificação
  • Proteção contra a corrosão e o fogo
  • Racionalização de materiais e mão de obra
  • Segurança do trabalhador
  • Qualidade e durabilidade, entre outras

Um erro muitas vezes cometido por construtores e incorporadores é fazer uma comparação simples de preços. Ou seja, entre o preço da estrutura de aço e dos materiais e mão de obra empregados na construção da estrutura de concreto.

Mas você sabe que uma comparação consistente precisa ser mais ampla e levar em conta os custos indiretos e a remuneração dos serviços.

Assim, quando colocada no papel, a abreviação do tempo de retorno do capital investido e a redução dos custos financeiros pela redução do prazo de execução tornam as estruturas de aço para edifícios bastante competitivas.

Economia global

Quer entender mais sobre os ganhos financeiros obtidos com estruturas de aço? Siga conosco o detalhamento!

Obras mais rápidas

A duração de uma obra com estrutura de aço em comparação a processos convencionais pode ser até 40% menor. Então, isso se explica por fatores como:

  • Fabricação da estrutura simultânea à execução das fundações
  • Possibilidade de trabalhar em diversas frentes de serviços ao mesmo tempo
  • Diminuição de formas e escoramentos
  • Montagem da estrutura não é afetada pela ocorrência de chuvas.

Assim, a velocidade de execução das estruturas de aço para edifícios pode gerar antecipação de ganhos ao investidor pela ocupação antecipada do imóvel.

Você já pensou no que isso significa?;

Mais espaço

Com estruturas de aço para edifícios, as seções dos pilares e das vigas de aço são substancialmente menores do que as equivalentes em concreto. Assim, tem-se um melhor aproveitamento do espaço interno e o aumento da área útil.

Fundações mais baratas

Por serem mais leves, as estruturas de aço para edifícios podem reduzir em até 30% o custo das fundações. Por isso, o impacto no orçamento global é considerável.

Menos desperdício

Em uma obra construída com processos convencionais, o desperdício de materiais pode chegar a 25% em peso. Além disso, a estrutura metálica induz a adoção de outros sistemas industrializados.

Por exemplo, painéis arquitetônicos, drywall, banheiros prontos etc., fazendo com que as perdas sejam ainda menores. Então, lembre-se: reduzir resíduos, além de colaborar com o meio ambiente, diminui os custos com o menor descarte de material.

Precisão total

A fabricação de estruturas de aço para edifícios se dá dentro de uma indústria. Ou seja, com processos controlados e mão de obra qualificada.

Enquanto nas estruturas de concreto a precisão é medida em centímetros, numa estrutura metálica a unidade empregada é o milímetro.

Tamanha precisão significa uma estrutura perfeitamente aprumada e nivelada. Portanto, facilitando atividades como o assentamento de esquadrias, instalação de elevadores, e revestimentos.

As estruturas de aço proporcionam precisão até mesmo na especificação do projeto.

Sustentabilidade na construção

O aço é 100% reciclável. Além disso, ao final de sua vida útil, as estruturas de aço para edifícios podem ser desmontadas e reaproveitadas;

Canteiro organizado

Como as estruturas de aço para edifícios são totalmente pré-fabricadas, há uma melhor organização do canteiro. Assim, o ambiente limpo, favorece a produtividade e garante melhores condições de segurança ao trabalhador, colaborando para a redução dos acidentes.

Processo de fabricação do aço

Confira como se dá o processo de fabricação do aço

Conclusão

Esses argumentos mostram que apostar em soluções construtivas industrializadas é o caminho para tornar a construção mais produtiva e racional. Assim, estruturas de aço para edifícios são uma das soluções indicadas para quem busca construir mais rápido e gastando menos dinheiro.

A era de construir com pouco planejamento, muito desperdício, baixa qualidade e pouca preocupação ambiental já ficou para trás.

É o que mostramos no nosso e-book sobre industrialização da construção. Baixe e confira!

Além disso, confira alguns cases práticos de industrialização na construção que proporcionaram ganhos expressivos de produtividade e lucro.

Gostou desse conteúdo? Então, se esse post foi útil para você não deixe de curtir, comentar e compartilhar!

Quer saber mais sobre construção metálica e aprofundar seus conhecimentos sobre as estruturas de aço? Então confira o webinar sobre construção metálica que o Buildin promoveu com o arquiteto que é especialista no uso de estruturas metálicas no Brasil, Siegbert Zanettini

.