Uma senha sera enviada para seu e-mail

Se você ainda não ouviu falar em frete CIF e FOB, tenho certeza de que você vai gostar ler o artigo que preparei sobre essas modalidades.

Nós sabemos que toda e qualquer obra requer uma grande quantidade de compras. E elas vão de mercadorias simples e baratas até a produtos importados ou que vêm de muito longa distância.

Por isso, na fase de montagem do orçamento da obra, o orçamentista precisa se preocupar com a questão do local de entrega desses produtos.

Até mesmo porque alguns fornecedores entregam na obra e outros não. Além disso, às vezes é mais conveniente para a construtora solicitar cotação para entrega em um determinado local intermediário.

frete CIF e FOB

Como podemos ver, são muitos os detalhes a serem considerados ao comprar materiais. Isso inclui a importância de pensar em frete CIF e FOB, como veremos logo adiante.

Mas, por enquanto, vamos por partes!

Solicitação de cotação para compra de materiais de construção

Quando uma construtora solicita uma cotação de insumo, o fornecedor manda seu preço com as seguintes informações que servem de base para o preço proposto.

  • Local de entrega
  • Quantidade
  • Embalagem
  • Validade da proposta
  • Índice de reajuste
  • Condições de pagamento

É possível que este fornecedor venha a ser o próprio fabricante, um distribuidor, um intermediário ou até mesmo um revendedor.

Fatores que influenciam o FOB e CIF - frete CIF e FOB

É preciso tomar muito cuidado, pois na construção civil a informação sobre o local de entrega vem, em geral, codificada em duas siglas: frete FOB e frete CIF:

Mas será que você já ouviu falar de frete CIF e frete FOB? Se já ouviu falar, é um grande começo.

Mas acontece que, infelizmente, muitos compradores e orçamentistas desconhecem estes termos. Por isso, vamos explicar o que cada um deles significa.

Frete CIF e FOB fazem parte do Incoterms

Frete CIF e FOB são siglas inglesas originárias do comércio marítimo.

Assim, essas siglas fazem parte de um conjunto de 11 termos internacionais de comércio padronizados por um acordo internacional chamado Incoterms.

Cada modalidade é descrita na figura abaixo, que ilustra a que se refere cada uma das 11 siglas. Ou seja, o que está incluído no respectivo preço e o que precisa ser adicionado pelo comprador.

Esta lista de modalidades de carga é completa, com muitas denominações e algumas bastante complexas. Mas não se preocupe. Afinal, na construção você só se deparará mesmo com FOB e CIF. Talvez com EXW.

Apenas a título de curiosidade – afinal, este post é apenas sobre frete CIF e FOB – , é interessante saber que a que remete a sigla EXW (Ex Works).

No caso do EXW (Ex Works), o vendedor tem a responsabilidade de apenas disponibilizar os produtos vendidos para a retirada em seu armazém. Por isso, é também conhecido como “preço em porta de fábrica”. Afinal, o vendedor não responde pelo transporte, que té de total responsabilidade do comprador.

Confira a tabela com os 11 termos definidos pelo Incoterms para determinação da responsabilidade pelo frete de mercadorias.

Infográfico do FOB e CIF - frete CIF e FOB

Fonte: www.brasiliense.com.br

Significado CIF (cost, insurance and freight)

A sigla de frete CIF remete às palavras em inglês cost, insurance and freight. Ou seja, se traduzirmos para o português, significam literalmente “custo, seguro e frete”.

Assim, na prática, frete CIF significa que o valor do frete é pago de maneira antecipada, já na origem.

Em termos, frete CIF significa que os custos de entregar o material e pelo seguro já estão inclusos no preço de venda da mercadoria. Assim, essa tarifa e as responsabilidades por esse tipo de frete é embutida no preço.

Significado FOB (free on board)

Por outro lado, o frete FOB significa, em inglês, “free on board”. Na tradução para o português: “livre a bordo”.

Na prática, significa o inverso do frete CIF. Afinal, quem arca com os custos no caso do FOB é o destinatário final da mercadoria. Aliás, toda a gestão de frete e os riscos do transporte são de responsabilidade de quem compra a mercadoria.

Tabela resumo sobre frete CIF e FOB

frete CIF e FOB

Problemas comuns com frete CIF e FOB

Ocorre que nas folhas de cotação, não é raro os fornecedores informarem se o preço é FOB ou CIF numa nota de rodapé em letra pequena.

Isso é um dos grandes erros em orçamento de obra e acaba por pegar muito orçamentista pelo pé.

Se o preço for FOB e o orçamentista o usar na composição do custo de um serviço, estará faltando a parcela do frete e do seguro do transporte daquele insumo. A depender da distância de onde o material vem, isso pode ser uma diferença apreciável.

Uma observação muito importante é que, tanto no FOB quanto no frete CIF, é importante deixar claro com o fornecedor quem faz a carga do produto no caminhão e principalmente quem realiza descarga na obra. Isso é motivo de muita briga.

É importante lembrar que uma das boas práticas na cotação de materiais é fazer a devida equalização de propostas.

Afinal, o que é melhor? Solicitar frete CIF ou FOB?

Esta é, sem dúvidas, uma boa pergunta e a resposta é: depende da situação!

Caso se trate de uma obra urbana, com fácil acesso e fornecedores localizados na própria praça, o mais prático e corriqueiro é que se pratique o frete CIF.

Isso pois o fornecedor presumivelmente não terá nenhuma dificuldade de entregar a mercadoria no canteiro de obra. Assim, por exemplo, quem compra concreto usinado, sempre pratica preço de frete CIF, pagando pelo concreto entregue na obra.

frete CIF e FOB

Agora pensemos em outro cenário. Sua obra é uma hidrelétrica em uma localidade distante, a afastada dos centros distribuidores, e com acesso precário. Essa obra precisa comprar gerador, tubo, aço, arame, gasolina e feijão.

Se a construtora optar pela simplicidade de pedir frete CIF, corre o risco de a obra ficar mais cara. Isso devido ao fato de que vários fornecedores irão simultaneamente enviar seus produtos com caminhão vazio, sem aproveitamento de cargas. Logo, a base de cálculo do fornecedor fica distorcida.

Se a construtora se dispuser a gerenciar o transporte, certamente alcançará algum ganho.

Um exemplo é interessante! A obra da UHE Belo Monte, no Pará, tinha um sistema de balsas para levar material até o canteiro.

Assim, as compras eram realizadas preferencialmente com entrega em Belém e, de lá até Altamira. Dessa maneira, o consórcio construtor gerenciava a programação e o carregamento das balsas. Isso nada mais é do que logística aplicada à construção civil, uma área de conhecimento muito útil.

Desafio sobre Frete CIF ou FOB

Outro dia, fui almoçar com um colega que participou da construção de um porto em Djibuti, um país do nordeste africano. Para essa obra, a construtora onde meu colega trabalhava importava o cimento.

Assim, para chegar a Djibuti, os navios cargueiros tinham que passar pela costa da Somália, onde há muita pirataria.

Agora a pergunta é. Você acha que a construtora preferiu fechar a compra de cimento a preço FOB ou CIF?

Pense e me responda nos comentários abaixo.

Aproveite para conferir a entrevista sobre engenharia de custos que o Aldo concedeu ao Buildin.