Uma senha sera enviada para seu e-mail

É pouco provável que alguém questione a relevância da TI (Tecnologia da Informação) no mundo atual.

Cada vez mais o mundo está conectado por meio de smartphones e da Internet das coisas. Por isso, todas as principais evoluções atuais estão, de alguma maneira, relacionadas à TI.

Será cada vez mais comum se deparar com dispositivos dotados de inteligência artificial, por exemplo.

E é claro que não seria diferente no universo da construção civil, não é mesmo?

A importância da TI na construção é cada vez maior, com inovações presentes em praticamente todas as fases de uma obra.

Ao longo desse texto vamos te explicar qual é a importância da TI na construção e como ela está promovendo uma verdadeira revolução no setor.

Você verá que a TI proporciona benefícios diversos à construção civil. São exemplos os projetos mais precisos e compatibilizados obtidos por meio do BIM. Melhores níveis de desempenho para a execução também entram na conta da TI.

E até mesmo processos de venda são beneficiados com a aplicação da Tecnologia da Informação na construção.

Antes de nos aprofundarmos nesse assunto, vamos definir:

O que é TI

Muito resumidamente, TI pode ser definida como o uso da computação para produção, armazenamento, distribuição e acesso a informações.

Compõem o universo da TI elementos como:

  • Hardware e seus componentes;
  • Software e seus meios;
  • Sistemas de telecomunicações;
  • Gestão de informações e de dados.

Entretanto, qualquer definição corre o risco de ser extremamente superficial face ao exponencial crescimento da TI. Afinal, a TI tem influenciado o desenvolvimento de incontáveis áreas do conhecimento.

Se a importância da TI na construção é enorme, o que dizer de setores ainda mais ligados à tecnologia, como as comunicações, por exemplo. Ou mesmo as áreas da saúde, da educação, dos transportes ou do entretenimento.

Tendências da Tecnologia da Informação

A rápida evolução da TI tem seguido por alguns caminhos. Por isso, a Dell Technologies analisou dados de diversas fontes para projetar aqueles que serão os impactos mais relevantes em tecnologias emergentes para o ano de 2018.

Inteligência artificial

A possibilidade de realizar tarefas que demandam raciocínio em alta velocidade tem pautado os rumos da TI. As perspectivas indicam que as decisões dentro das empresas serão tomadas unicamente a partir de dados.

Isso vai evitar o desperdício de tempo para debater escopo, analisar cenários e realizar testes. Afinal, a Inteligência artificial vai fazer o trabalho pesado.

SaaS

Novos conceitos de economia do acesso pregam o uso de serviços sem a necessidade de aquisição. Ou seja, por meio de locação ou assinatura e, consequentemente, pagamentos recorrentes. Essa tendência chega ao mundo da Tecnologia da Informação por meio do conceito de SaaS (Softwares as a Service). Assim, não há mais a compra de um software, mas apenas a assinatura para usufruir de suas funcionalidades.

Internet das coisas

Com cada vez mais objetos integrados à internet, aumenta exponencialmente a possibilidade de combinar dados. Isso, associado a maiores capacidades de processamento, tende a otimizar o uso de recursos físicos e humanos.

Realidade aumentada

Eis aí uma tendência que diz totalmente respeito à construção civil. A Realidade Aumentada (RA) permite, por exemplo, visualizar como vão ficar novas construções. Além disso, permite realizar treinamentos remotos de trabalhadores e centralizar informações de projeto, por exemplo.

Armazenamento na nuvem

A banda larga permitiu transferir o armazenamento de informações dos computadores pessoais para servidores ligados à internet. Com isso, além de informações sempre atualizadas e organizadas, ficou mais fácil cruzar dados em tempo real. Essa é uma tendência que vai se intensificar para os próximos anos.

Machine learning

Este é, sem dúvida, um fato relevante para a TI. O machine learning permite alcançar níveis elevados de melhora da experiência do usuário nas plataformas online. Além disso, melhora e acelera a tomada de decisão nas empresas.

O motivo é a capacidade que sistemas como o Watson, da IBM, têm de interpretar enormes quantidades de dados e concluir a partir deles.

TI na construção

Como para qualquer outra área de atividade humana, é inquestionável a importância da TI na construção.

Indiretamente, o setor já se beneficia de um sem número de evoluções na área de tecnologia da informação. É o caso, por exemplo, se sistemas de gestão integrada, os ERPs.

A evolução dos ERPs proporcionou um nível de planejamento até então inimaginável na construção. Com esses sistemas tornou-se possível modelar financeiramente uma obra com muito mais precisão.

Além disso, sistemas de gestão integrada permitem muito mais acuracidade na compra de materiais ou dimensionamento de mão de obra. E a importância da TI na construção já é disseminada mesmo entre empresas de portes médio ou pequeno. Até mesmo porque a adaptação para uma construção plenamente conectada pode ser a diferença para a sobrevivência das empresas do setor.

Outra prova nítida da importância TI na construção está no segmento de projetos. Há já algumas décadas softwares gráficos têm facilitado o desenvolvimento de projetos para a construção.

Tendências da TI na construção

É claro que, de uma forma ou outra, as novas tendências em tecnologia da informação afetam a indústria da construção. Mas o que é mais relevante em termos de tendências da TI na construção?

Alguns pontos já foram demonstrados no post sobre Tendências da Construção Civil que o Buildin publicou no começo do ano.

Realidade virtual

As tecnologias de realidade virtual e aumentada atingem o setor da construção em cheio. Esse tipo de tecnologia permite visualizar os empreendimentos em 3D enquanto ainda são um conjunto de projetos.

Muito mais do que o impacto comercial que isso proporciona junto aos clientes, tal recurso permite detectar problemas. Afinal, interferências entre projetos ou elementos construtivos podem ser facilmente observadas antes mesmo que aconteçam.

Isso nos leva a um segundo ponto, ainda mais relevante.

BIM

Se há um elemento que pode comprovar a importância da TI na construção, este é o BIM. O BIM (Building Information Modeling) já não é mais apenas uma tendência. É cada vez mais realidade aplicada na prática para a construção.

O conceito por trás do BIM prega o trabalho colaborativo entre projetistas para a criação de um modelo acabado de empreendimento. Além de auxiliar no desenvolvimento do projeto e na execução, o BIM tende a proporcionar ganhos substanciais ao longo de toda a vida útil das edificações.

Internet das Coisas

Com a possibilidade de conectar objetos à internet, a coleta e a transmissão de dados fica muito facilitada. As possibilidades para a construção são inúmeras. Uma delas, saber em tempo real o que está acontecendo em cada ponto do canteiro.

Por meio da chamada IoT (Internet of Things) é possível, ainda, automatizar processos de pedidos de materiais ou controlar procedimentos de segurança do trabalho.

Importância da TI na construção

É certa a importância da TI para a construção e também já se sabe quais serão as principais inovações no setor. É claro que essas intervenções todas têm como finalidade proporcionar benefícios para a construção.

Vamos listar alguns deles.

Gestão de projetos e obras facilitada

A TI permite organizar e gerenciar os mais diversos dados de uma obra em tempo real. Mais do que isso, proporciona acesso simultâneo por parte de toda a equipe envolvida. Logo, a gestão de processos é otimizada, com troca rápida e objetiva de informações.

Obras mais rápidas

Também por meio da interpretação de dados, é possível prever prazos de entrega de fornecedores e de execução de cada etapa. Assim, é possível otimizar movimentações e acelerar processos construtivos.

Obras melhores

Novamente, a capacidade de gerenciar dados em grandes volumes leva à otimização de processos produtivos. Afinal, fica mais fácil estabelecer procedimentos e métricas da qualidade. Falhas e problemas são evidenciados e permitem uma tomada de decisão antecipada.

Redução de custos

Com processos mais otimizados e mais dados disponíveis, o desperdício perde espaço. Logo, os custos de construção tendem a ser menores com o uso de TI na construção.

Conclusão

Como pudemos ver, há uma infinidade de exemplos que comprovam a importância da TI na construção. Praticamente todos os processos são beneficiados com a aplicação de tecnologia da informação.

Os projetos tendem a ser mais preciso, a execução mais rápida e mais barata. E até mesmo a administração da obra e dos escritórios tem muito a ganhar com a TI.

Quais outras aplicações de TI na construção você conhece?

Comente e compartilhe esse post!

E assine nossa newsletter para continuar sabendo novidades sobre a importância da TI na construção.