31 agosto 2018

Área de interesse

Indicadores da Construção: o que você deve saber

Original de Buildin
Índice de Confiança da Construção
0

Todos os meses a equipe do Buildin atualiza os indicadores da construção mais relevantes para você se manter sempre bem informado. Por isso, preparamos este post com os índices do setor referentes ao mês de agosto de 2018.

Se você quer conhecer mais sobre cada um dos principais indicadores da construção, baixe o e-book completo sobre o assunto!

Indicadores da Construção

ICST

De acordo com a Sondagem da Construção da Fundação Getúlio Vargas (FGV/IBRE), o Índice de Confiança da Construção (ICST) caiu 1,6 ponto em agosto de 2018. Assim, foi de 81,0 pontos para 79,4. O resultado reverteu a alta de 1,7 ponto de julho.

Em nota, a coordenadora de projetos da construção da FGV/IBRE, Ana Maria Castelo, apontou em apenas três meses, o Índice de Expectativas retrocedeu ao patamar de agosto do ano passado. “O resultado sugere uma piora mais definitiva no cenário de retomada vislumbrado anteriormente pelas empresas da construção. Embora a percepção em relação aos negócios no momento corrente tenha melhorado nos últimos 12 meses, uma reversão desse movimento ainda deixaria a atividade em níveis historicamente muito baixos”, observou.

ICST

Índice da Situação Atual e Índice de Expectativas

O Índice de Expectativas (IE-CST) foi quem influenciou na queda do ICST, pela piora das expectativas referentes aos negócios no curto prazo. O IE-CST recuou 3,5 pontos, chegando a 87,5 pontos, o menor nível desde julho de 2017. A queda foi causada por dois fatores principais: o indicador demanda prevista caiu 3,2 pontos e o indicador tendência dos negócios, 3,7 pontos.

Já o Índice da Situação Atual (ISA-CST) variou 0,3 ponto em agosto, atingindo aos 71,7 pontos. A alta se deve exclusivamente ao indicador que mede a percepção sobre a situação atual da carteira de contratos, que avançou 1,4 ponto, chegando a 69,8 pontos.

INCC-M

Em agosto, o Índice Nacional de Custo da Construção – M registrou alta de 0,30%, mas abaixo do mês anterior, quando chegou a 0,72%.

Referência para os valores praticados no setor da construção, o INCC é composto pelos subíndices de Materiais, Equipamentos e Serviços e Mão de Obra.

No caso, o primeiro variou 0,65% em agosto ante 0,97% de julho. O segundo não registrou variação em agosto, permanecendo 0,51%.

ICI

O Índice de Confiança da Indústria (ICI) da Fundação Getúlio Vargas de agosto recuou 0,4 ponto, para 99,7 pontos. Na métrica de médias móveis trimestrais, o ICI registrou a terceira queda consecutiva e recuou 0,4 ponto, para 100,0 pontos.

Para a coordenadora da Sondagem da Indústria da FGV/IBRE, Tabi Thuler Santos, “a fragilidade da recuperação industrial, retratada pela sondagem ao longo do ano, culmina em agosto com o ICI registrando nível inferior aos 100 pontos (baixa confiança) pela primeira vez desde janeiro. A escassez de boas notícias e bons resultados, e o elevado nível de incerteza mantido por questões internas e externas, tornam a recuperação da confiança mais distante no horizonte temporal”.

ICI

Se você quer conhecer mais sobre cada um dos principais indicadores da construção, baixe o e-book completo sobre o assunto!

Foto do Autor

Autor
Vanessa Farias

Jornalista e Analista de Conteúdo do Buildin.

Comentários