12 novembro 2018

Área de interesse

5 inovações na construção civil que estão agitando o mercado

Original de Buildin
inovações na construção civil
0

Você já sabe que precisamos de muitas inovações na construção civil brasileira, certo?

É preciso levar o setor a um novo patamar, com mais eficiência e produtividade.

Você também provavelmente já leu sobre como a tecnologia pode induzir essas transformações.

É certo que, de modo geral, a construção civil é apegada a práticas de produção tradicionais. Em alguns casos há resistência até à adoção de contrapiso autonivelante, por exemplo. Ainda assim, cada vez mais é possível encontrar exemplos reais de inovações na construção civil.

Ficou curioso para saber mais?

Então, siga comigo que irei te mostrar iniciativas concretas:

1 – Uso de drones para análise de revestimentos

A avaliação termográfica de revestimentos com uso de drones é uma tecnologia nova, mas já utilizada por algumas construtoras. É o caso, por exemplo, da Tecnisa.

Com análise de temperatura o drone identifica sinais de desplacamento de revestimentos cerâmicos.

Velocidade, assertividade e segurança são algumas vantagens dessa solução. Afinal, evita que trabalhadores subam em andaimes para testar o revestimento.

Além disso, o trabalho que antes levava dias agora é realizado em poucas horas. Esta é uma das inovações na construção civil que lançam mão de dispositivos móveis.

2 – Impressão 3D

Como muitas inovações na construção civil, a impressão 3D tem enorme potencial de crescimento. Da mesma forma, no entanto, a tecnologia está em fase embrionária.

Ainda assim é possível identificar algumas iniciativas que indicam que essa tendência é viável!

É o caso, por exemplo, da Apis Cor, que desenvolveu uma máquina que imprime edifícios. A tecnologia promete cortar custos de canteiro de obras em até 40% em comparação a métodos tradicionais. A impressora ergueu uma casa de 100 m² em apenas 24 horas na Rússia.

Quem também trabalha com impressão 3D é a Fast Brick, que tem um robô capaz de fazer construções rapidamente, tijolo por tijolo. Automatizada, a máquina monta o equivalente a 1 mil tijolos por hora em uma barra de 30 metros. Com isso, reduz o uso de mão de obra e o desperdício de materiais. Logo, contribui com o meio ambiente.

No Brasil, a startup Inovatec House 3D vem trabalhando na impressão de módulos em microconcreto. Se quiser saber mais sobre como isso é feito, confira a palestra realizada pela CEO da Inovatec, Juliana Martinelli, no Construtalk Floripa.

As impressoras 3D têm sido uma das principais inovações na construção civil.

3 – Realidade virtual

A realidade virtual é uma tecnologia de interface entre um usuário e um sistema operacional. E faz isso por meio de recursos gráficos 3D ou imagens 360º.

O objetivo é criar a sensação de presença em um ambiente virtual. Ou seja, proporcionando uma completa imersão em um ambiente digital simulado em tempo real.

O potencial de aplicação da realidade virtual na indústria da construção é enorme. Tanto é que já há várias construtechs e proptechs se apropriando dela.

A realidade virtual pode, por exemplo, auxiliar o design de projetos. A HoloLens, plataforma computacional holográfica, é uma delas. A solução da empresa permite visualizar o projeto 3D em miniatura e em escala real com uso de óculos especiais.

Mais que isso, possibilita ao profissional enxergar o projeto em 3D no ambiente de uma obra. Assim, permite identificar possíveis erros ou reparos a serem feitos.

Além disso, com a simulação em um ambiente virtual, o cliente pode se sentir dentro da habitação. Assim, pode até mesmo solicitar modificações na planta.

Logo, a realidade virtual também tem um campo promissor ao prover ao comprador uma experiência mais imersiva.

Empresas como DH Virtual Reality e Webeleven oferecem essa tecnologia.

Há, também, a iTeleport, que se propõe a aprimorar o ciclo de vendas e a eficácia do marketing. Assim, aumentando a atratividade das propriedades por meio de visitação completa e online.

Manutenção em edifícios, treinamento em situações de risco e projetos de design de interiores são outros usos importantes da realidade virtual na construção. A ThyssenKrupp, por exemplo, já utiliza esse tipo de recurso para manutenção de elevadores.

Como podemos ver, realidade virtual aplicada à construção civil é uma tendência!

4 – Inteligência artificial

O termo “inteligência artificial” refere-se a máquinas capazes de resolver problemas que, até então, eram solucionados apenas pelos seres humanos. Isso é possível graças à alta capacidade de processamento computacional. É mais um campo fértil para as inovações na construção civil.

Afinal, são várias as possibilidades de aplicações reais da inteligência artificial.

Um deles é na automatização da montagem com robôs. O Instituto de Robótica e Sistemas Inteligentes de Zurique, na Suíça, desenvolveu um robô autônomo. Esse robô possui as mesmas habilidades que os operários. Logo, pode manipular diversos materiais de construção, andar por terrenos desnivelados e montar estruturas com precisão milimétrica. A máquina segue uma programação pré-definida pelos engenheiros e tem como principal vantagem as chances quase nulas de ocorrerem erros. Além disso, com uso de internet das coisas pode se comunicar a distância.

No Brasil, as startups Zero Distrato e Urbank aplicam a IA com objetivos diferentes.

A Zero Distrato utiliza a tecnologia para prever distratos de imóvel para incorporadoras e urbanizadoras com até doze meses de antecedência. Já a Urbank utiliza o algoritmo para auxiliar a gestão e o repasse de crédito no mercado imobiliário.

A IA pode ser utilizada, ainda, para apoiar estratégias de relacionamento e atendimento ao cliente. A IBM Watson, por exemplo, é capaz de analisar os dados obtidos pelo atendimento ao cliente em um chat. Assim, pode  apresentar soluções. Com isso, não apenas diminui o tempo de resposta, mas direciona as alternativas ao cliente. Logo, melhora a experiência do usuário.

5 – Internet das Coisas

A Internet of Things (IoT) é uma das inovações na construção civil que tem causado transformações profundas no setor.

Um dos campos é o da manutenção. Sensores instalados em telhados permitem monitorar o seu ciclo de vida com mais precisão, por exemplo. Assim, evita-se substituições antes do necessário.

Da mesma maneira ocorre com elevadores e sistemas de ar-condicionado. Assim sendo, fornecem dados confiáveis sobre seu status de funcionamento. Logo, permitem reduzir  custos com manutenção.

Veja outro caso interessante. A instalação de sensores em reservatórios de água. Isso permite monitorar a distância, via Internet, o consumo desse insumo. No caso de vazamentos e possíveis desvios irregulares, a ferramenta emite alertas e avisa o gestor, via SMS, sobre o consumo fora do padrão. A ABS Telemetria é uma das empresas no Brasil que oferece essa tecnologia.

Nos Estados Unidos, a IoT vem sendo aproveitada para garantir a qualidade do concreto. Acoplados às armaduras, sensores conectados a smartphones avisam quando o material atingiu um nível de resistência confiável. Ou seja, que permita a retirada das fôrmas.

A IoT e a marcação via RFID também vem ajudando construtoras a rastrear toda e qualquer movimentação de matéria-prima. Assim, evitam problemas que comprometam a produtividade.

Conclusão sobre inovações na construção civil

Assim, antes de encerrar, gostaria de te deixar duas dicas.

  1. Se você quiser saber mais sobre inovações na construção civil, não deixe de ler esse artigo que publicamos no Buildin. Nele, explicamos como a inovação pode ajudar o seu negócio a ter mais sucesso e perenidade.
  2. Se você quer estar ligado ao que acontece de mais inovador e disruptivo na indústria da construção, não pode ficar de fora do Construsummit. O evento acontece de 29 a 29 de novembro, em São Paulo. O Construsummit irá discutir  tecnologias como essas que acabei de te apresentar! Mais do que isso, que podem diminuir custos, aumentar eficiência de processos e diminuir tempo de obra. Não perca essa oportunidade. Faça logo a sua inscrição aqui.

Até a próxima!

Esse conteúdo foi útil para você? Compartilhe sua opinião conosco!

Foto do Autor

Autor
Juliana Nakamura

Jornalista especializada no setor de construção civil, tem amplo conhecimento do mercado imobiliário e da engenharia civil. Sua experiência na cobertura de obras, debates e eventos do setor a torna um dos principais nomes do jornalismo especializado no Brasil!

Comentários