2 Fevereiro 2018

Arquitetura

Trabalhar no exterior: países com vagas para engenheiros

Original de Buildin
países com vagas para engenheiros Buildin
0

Uma vez que o profissional decidiu trabalhar no exterior, o próximo passo é saber quais são os países com vagas para engenheiros!

Independente do local a ser escolhido, é importante o engenheiro ter consciência de algumas coisas antes de ir. São muitos desafios. O profissional precisa estar bem preparado profissional e psicologicamente para trabalhar no exterior.

Se você já sabe disso, vai gostar de saber quais são os países com vagas para engenheiros trabalharem. É claro que é possível trabalhar em quase qualquer país, mas há aqueles com mais oportunidades de trabalho para engenheiros.

Nós vamos mostrar quais são eles e dar dicas sobre como trabalhar em outro país.

Você vai saber como adequar seu currículo e seu diploma para obter autorização de trabalho no exterior.

Vamos começar falando sobre sua apresentação!

Como preparar currículo em inglês

Em geral, para concorrer a uma vaga de emprego no exterior é preciso apresentar o seu currículo.

Assim como para currículos em português, currículos em inglês devem ser curtos, com no máximo duas folhas. Você deve ser sucinto ao apresentar suas qualificações e experiências.

Ao preparar o currículo, o ideal é sempre manter em mente a questão: quem ler este currículo vai querer me conhecer? Afinal, o currículo é a primeira impressão que você passa ao empregador.

O recomendável é que seu currículo contenha as seguintes informações:

  • Dados pessoais;
  • Objetivo profissional;
  • Formação;
  • Experiência profissional;
  • Histórico profissional;
  • Idiomas;
  • Experiência internacional;
  • Salários;
  • Carta de apresentação.

Com esta primeira organização pronta, é hora de traduzir o currículo para o inglês. É importante conhecer os principais termos e a estrutura de um currículo em inglês:

  • Dados pessoais – Personal information, Personal Details ou Personal profile
    • Nome completo – Full name
    • Endereço – Address
    • Telephone – Phone
    • Celular – Mobile
    • E-mail
  • Objetivo – Objective
  • Formação acadêmica – Academic, Educational background, Qualifications summary, Areas of Expertise, Educational Background
    • Graduado (bacharel) B.A. ou B.S.
    • Mestrado Msc
    • Doutorado PhD
  • Experiência profissional – Professional background, Professional experience, Work experience, Positions held, Employment history
  • Idiomas e Computação – Languages and Computer skills, Languages and Key Skills
    • Fluente – fluent, avançado – advanced, intermediário – intermediate e básico – basic
  • Cursos extracurriculares – Extracurricular activities
  • Certificações e Licenças – Certification and Licences
  • Publicações – Publications
  • Associação a grupos profissionais – affiliations
  • Prêmios – Awards, Honors
  • Bolsas – Scholarships
  • Pretensão salarial – Expected salary
  • Trabalho voluntário – Volunteer Work
  • Referências – References

Além disso, é interessante seguir algumas dicas para preparar currículo em inglês:

  • Não use tradutor automático;
  • Utiliza modelos de currículo disponíveis na internet;
  • Use apenas a ordem direta nas orações;
  • Tenha precisão nas informações;
  • Atente para a ortografia e a gramática;
  • Procure utilizar as expressões mais comuns.

Lembre-se sempre que conhecer o idioma é imprescindível, conforme pontua a arquiteta Camila Groff. “A primeira exigência é ter domínio do idioma falado no local onde pretende trabalhar”. Portanto, tais dicas são válidas também para fazer currículo em outros idiomas.

Quais são os países com vagas para engenheiros

É importante saber que a engenharia brasileira tem elevado nível técnico! Ou seja, se equipara à engenharia exercida nos países mais desenvolvidos. O que costuma mudar são questões culturais.

Mesmo assim, os engenheiros brasileiros costumam ser bem vistos no exterior. Até mesmo porque o Brasil é o sétimo melhor país para ser engenheiro no mundo.

Confira o ranking:

  1. Alemanha
  2. Estados Unidos
  3. China
  4. Noruega
  5. Dinamarca
  6. Coréia do Sul
  7. Brasil
  8. Taiwan

Ainda assim, as principais oportunidades para engenheiros brasileiros costumam aparecer em países em desenvolvimento. Isso porque a demanda por infraestrutura é maior. Logo, leva à contratação de grandes quantidades de profissionais.

E as grandes empresas brasileiras de engenharia e construção têm forte atuação nesses segmentos. Por isso, têm presença em países com vagas para engenheiros.

É o caso, por exemplo, de países como Colômbia, México, Iraque, Bolívia, Chile, Portugal, Angola e África do Sul, dentre outros.

Vagas para engenheiros qualificados

Quanto mais qualificado e bem preparado for o profissional, mais oportunidades ele terá. Difícil discordar dessa afirmação, não é mesmo?

Pois saiba que ela se comprova na prática quando o assunto é encontrar países com vagas para engenheiros.

oportunidades nos Estados Unidos e no Canadá, por exemplo. Estas para profissionais de engenharia que desejam desenvolver teses de mestrado e doutorado.

Outros países com vagas para engenheiros qualificados são a Austrália e a Nova Zelândia. Aliás, esses são países historicamente anfitriões para estrangeiros. Suas populações são compostas por mais de 15% de imigrantes.

A Europa também tem países com vagas para engenheiros brasileiros. Para brasileiros as oportunidades podem ser mais facilmente encontradas em Portugal.

Da mesma maneira, os profissionais de engenharia brasileiros encontram mais facilidade em trabalhar na América Latina.

Devido ao Acordo de Residência para o Mercosul, brasileiros podem residir e trabalhar legalmente nos seguintes países:

  • Argentina;
  • Paraguai;
  • Uruguai;
  • Venezuela;
  • Chile;
  • Bolívia;
  • Equador;
  • Colômbia;
  • Peru.

Um dos caminhos para se conseguir emprego nos países com vagas para engenheiros é por meio do estudo. Ou seja, inicialmente o profissional vai ao país para estudar, com um visto de estudante. Uma vez no país, há casos em que é possível solicitar o visto de trabalho.

Os seguintes países, dentre outros,  têm regras específicas para isso:

  • Austrália;
  • Canadá;
  • Estados Unidos;
  • Irlanda;
  • Nova Zelândia.

Validação de diploma

Para poder trabalhar em países com vagas para engenheiros é preciso reconhecer e validar o diploma de graduação.

Isso é geralmente feito por meio de processos específicos para cada país.

Confira alguns exemplos:

  • Alemanha: quem realiza o processo é a Associação de Engenheiros Brasil- Alemanha (VDI). De acordo com as regras, há um visto especial de seis meses. Tempo para a procura de emprego;
  • Argentina: é preciso revalidar o diploma nos casos em que o curso tem matriz curricular similar ou superior ao das Universidades Argentinas. O profissional precisa realizar provas teóricas e práticas para obter uma autorização de trabalho. Válida por três anos, exige matrícula nos Conselhos Profissionais de Agrimensura, Arquitetura e Engenharia;
  • Canadá: o processo varia de acordo com cada província. Entretanto, sempre é necessária a entrega da documentação, com tradução juramentada no idioma oficial da província. Em alguns casos podem ser necessárias provas para equivalência do conteúdo e qualificações acadêmicas;
  • Estados Unidos: o trabalho neste país é possível por meio de convite a partir de uma empresa ou caso o profissional já resida lá. Ainda assim, é preciso ser aprovado em exame de proficiência. A liberação de licença varia, mas em geral é preciso ter especialização ou mestrado em engenharia e quatro anos de experiência de trabalho na área;
  • Itália: exige filiação ao Consiglio Nazionale degli Ingegneri (C.N.I.) e revalidação do diploma no Ministério da Justiça Italiano;
  • Portugal: a validação passa pela associação à Ordem dos Engenheiros nacional e pela aprovação em avaliações curriculares individuais.

Conclusão

Como vimos, há muitos países com vagas para engenheiros brasileiros. Entretanto, o processo de aplicação às melhores vagas não é simples. Quanto mais desenvolvido o país, mais regras e mais complexas elas são.

Ainda assim, há inúmeras oportunidades para engenheiros brasileiros que querem trabalhar no exterior. Em todos os casos, é necessário muito planejamento e dedicação.

Você gostou deste post? Então, confira aqui o que você precisa saber antes de fazer as malas para ir trabalhar fora!

E não deixe de assinar nossa newsletter para receber as novidades do Buildin em primeira mão.


Foto do Autor

Autor
Bruno Loturco

Head de conteúdo Buildin

Comentários