Uma senha sera enviada para seu e-mail

Você já deve ter ouvido falar mais de uma vez em como a construção 3D, baseada em impressão 3D, é vista como capaz de transformar a forma de se construir, não é mesmo?

Há enorme expectativa, inclusive, de que a tecnologia inovadora da impressão 3D possa contribuir significativamente para reduzir o déficit habitacional no Brasil e no mundo.

No entanto, embora seja considerada uma tendência da construção civil, essa tecnologia, também conhecida como manufatura aditiva, ainda está em fase embrionária no Brasil.

Ainda assim, o potencial de aplicação da impressão tridimensional na construção é imenso. Ou seja, tem alta probabilidade de modificar radicalmente a forma de se executar as obras habitacionais.

Uma das construtechs que trabalham para o crescimento desse mercado é a InovaHouse 3D. Ao longo deste post vamos explicar como a InovaHouse 3D surgiu, qual seu propósito e o que há por trás da tecnologia que a startup vem desenvolvendo.

Continue conosco para saber mais sobre as possibilidades de aplicação da impressão 3D na construção civil.

A primeira impressora 3D na construção brasileira

A história da InovaHouse 3D começou por volta de 2015. Foi nesse ano que a engenheira Juliana Martinelli, fundadora e CEO da InovaHouse3D, teve uma ideia bastante desafiadora. Isso porque sua intenção, à época, era desenvolver aquela que é a primeira impressora 3D para a construção civil da América Latina.

Assim, os primeiros passos se deram quando ela e outros colegas, ainda estudantes da Universidade de Brasília (UNB), se uniram em torno desse propósito.

construção 3D

Dessa maneira, eles juntaram os recursos que tinham – à época apenas suas mesadas e salários de bolsas de estudo  – para desenvolver um protótipo daquilo que futuramente viria ser a impressora 3D para a construção.

Nesse contexto, o objetivo da equipe era minimizar os problemas de baixa produtividade no setor a partir da aplicação intensiva de tecnologia com alto potencial disruptivo.

Num primeiro momento, a empresa foi acelerada pela ACE – Aceleradoras de Startups e Inovação Corporativa, de São Paulo. Depois, a InovaHouse entrou numa fase de reestruturação interna e de conceitos para inserir se produto no mercado.

“Hoje, trabalhamos com o conceito de disseminar essa tecnologia por todo o Brasil. Ou seja, tanto para o mercado, quanto para órgãos regulamentadores e até mesmo universidades”, diz Juliana.

Assim, complementa a engenheira, “A intenção é construir um ecossistema capaz de absorver essa inovação aqui na América Latina”.

construção 3D
Juliana Martinelli apresenta o case da InovaHouse 3D, de construção 3D, durante o Construtalk Floripa 2018

Ela participou do Construtalk Floripa e, na ocasião, apresentou o case de desenvolvimento da InovaHouse 3D. O evento aconteceu na capital catarinense, em setembro de 2018.

Benefícios da construção 3D para o setor

construção 3D
Construção 3D in loco parte da premissa de que é possível obter ganhos de escala sem repetição

A InovaHouse3D é pioneira no estudo da manufatura aditiva no setor da construção no Brasil.

De acordo com a startup brasileira, há muitos benefícios que a construção 3D pode trazer aos processos construtivos, inclusive para a segurança da mão de obra. Os pontos listados por Juliana são:

Segundo Juliana Martinelli, outra vantagem do uso de impressoras para a construção 3D é que, com ela, é possível escalar sem precisar construir sempre da mesma maneira.

Confira no vídeo abaixo o depoimento da empreendedora. Nele, ela responde às seguintes questões:

1) O que a construção 3D tem a ver com a industrialização da construção civil?

2) Que benefícios vocês já sentem com a presença da manufatura aditiva na construção civil?

Desafios à implantação da construção 3D no Brasil

De acordo com Juliana, um dos maiores desafios para consolidar a construção 3D no Brasil é implementar a nova tecnologia no mercado. Isso porque ainda não há uma metodologia construtiva completamente definida.

construção 3D
Por meio de extrusão de concreto, a InovaHouse 3D tem desenvolvido a tecnologia da construção 3D no Brasil

Por isso, a InovaHouse 3D, desde o seu nascimento, vem testando e aperfeiçoando sua tecnologia para design de mobiliário urbano e de interiores em cimento. Da mesma maneira, a empresa tem realizado diversos testes de impressão 3D de plástico na prototipagem.

O vídeo a seguir é um compilado que mostra evolução da impressora da startup desde a montagem da primeira versão. Confira!

O que é a manufatura aditiva?

Já aproveitada pelos setores automotivo e aeroespacial, bem como para a fabricação de implantes médicos, a manufatura aditiva ganha cada vez mais novas aplicações.

Um dos motivos para isso é porque essa tecnologia permite produzir peças sem ferramental especial. Dessa maneira, a manufatura aditiva viabiliza a reprodução de geometrias até então inviáveis de acordo com as técnicas tradicionais de fabricação.

construção 3D
A estereolitografia possibilitou o desenvolvimento da manufatura aditiva, que tem criado novas oportunidades de negócio, inclusive na construção 3D

Assim, a tecnologia de impressão em três dimensões não é exatamente uma novidade. Isso porque ela foi desenvolvida em 1984, por meio de princípios da estereolitografia, pelo americano Chuck Hull.

Tal tecnologia é capaz de produzir os mais variados tipos de objetos. Assim, a impressão 3D utiliza um software que desenha a peça e, em seguida, a encaminha diretamente para a impressora. E onde onde o objeto adquire sua forma física.

No caso da construção 3D, um dos sistemas que pode ser utilizado para a modelagem das estruturas é o Sweet Home 3D.

Dessa forma, impressão 3D pode ser realizada a partir de materiais variados, tais como polímeros, concreto, cerâmicas, dentre outros. Para todos os casos, incluindo a construção 3D, a confecção do objeto se dá por meio da deposição em  camadas do material em questão.

construção 3D
Manufatura aditiva possibilita a fabricação de peças com geometrias complexas por meio da impressão 3D

Devido às características geométricas e do material, além, é claro, do seu tamanho, o tempo total para que o objeto fique pronto pode variar de horas a dias.

Uma boa notícia para os entusiastas da construção 3D é que na China já há exemplos de casas construídas em apenas 24 horas. Veja como isso foi possível no vídeo abaixo.

Tipos de impressão 3D

Existem vários tipos de impressão 3D. O método mais comum, de extrusão, funciona a partir de um extrusor que libera camadas de plástico aquecido. O processo é indicado principalmente para produção de peças robustas e protótipos funcionais.

construção 3D
Desenho esquemático do processo de extrusão de materiais
construção 3D
Desenho esquemático do processo de estereolitografia para impressão 3D

Entre outras tecnologias, há também a estereolitografia, já citada, que produz os objetos a partir de um laser de alta precisão que endurece o material.

construção 3D
Objeto resultado de impressão 3D por meio de processo de estereolitografia

Principais conclusões sobre a Construção 3D

Antes de finalizar esse texto, gostaria de indicar para você outros dois conteúdos publicados pelo Buildin e que complementam muito bem o tema que acabamos de abordar.

Em “8 novas tecnologias na construção civil para acompanhar” você pode conferir uma seleção de novas tecnologias que colaboram para elevar a eficiência de obras e projetos de construção.

Além disso, recomendo a leitura de “Construção modular: o que ela pode fazer por sua construtora?” Nesse texto, detalhamos como é possível obter ganhos consistentes com a implantação da construção modular pré-fabricada.

Por fim, talvez você se interessa também pela Arquitetura 3D. Nesse caso, vale dar uma lida no post abaixo.

Esse conteúdo foi útil para você?

Compartilhe suas impressões conosco e, também, em suas redes sociais.

Além disso, não deixe de comentar sobre suas experiências e dúvidas relacionadas à construção 3D. Nos diga quais informações você gostaria de ter sobre a tecnologia da impressão 3D e que está revolucionando o setor da construção civil.

Até a próxima!