3 outubro 2018

Colaboradores

“Tecnologia é o principal elemento na revolução das construtechs”, diz advisor do Construtech Ventures; VÍDEO

Original de Buildin
Marcus Anselmo - Construtalk Floripa
0

A 4ª edição do Construtalk, que aconteceu em Florianópolis no dia 27 de setembro de 2018, trouxe Marcus Anselmo, diretor de Novos Negócios da Softplan e Advisor do Construtech Ventures.

Anselmo falou para um público de mais de 100 profissionais do setor da construção civil sobre como as empresas tradicionais podem se beneficiar do relacionamento com construtechs e proptechs.

Como mostrou o palestrante, a indústria da construção é lenta e ineficiente. O resultado disso? De acordo com uma pesquisa da consultoria McKinsey, em 2050, 1,6 bilhões de pessoas não terão moradia digna para viver, um problema de $11 trilhões.

Problemas de infraestrutura, baixa produtividade no canteiro de obras e pouca digitalização são os maiores empecilhos para crescer.

Veja a imagem que comprova que a construção civil perde apenas para a agricultura e caça quando o assunto é o uso de tecnologia:

Revolução das construtechs - Construtalk Floripa

Mas ainda há tempo de mudar essa realidade. E é exatamente por isso que Marcus Anselmo assumiu o desafio de ajudar a desenvolver o Construtech Ventures, primeiro venture builder do mundo focado nos setores da construção e imobiliário.

Anselmo garante: “a tecnologia é o principal elemento na revolução das construtechs”. O Construtech Ventures surgiu com a missão de fazer a diferença na vida das pessoas por meio da tecnologia e do empreendedorismo.

Lá, como ele contou na palestra, são criadas e investidas startups que têm como objetivo resolver problemas reais da indústria da construção e do setor imobiliário.

Eles também são responsáveis pela criação do Mapa das Construtechs e Proptechs do Brasil. Em 2018, foram mapeadas cerca de 350 startups do setor.

Conheça o portfólio atual do Construtech Ventures:

construtech

Como as construtechs podem transformar o setor?

OK, você já viu que as startups são o futuro. Mas como elas podem ajudar a revolucionar a construção? Existe uma infinidade de soluções.

Veja algumas delas apresentadas durante o Construtalk Floripa:

  1. Pré-fabricação e construção modular
  2. Materiais de construção avançados
  3. Impressão 3D e manufatura aditiva
  4. Construção autônoma
  5. Realidade virtual e aumentada
  6. Big data e análise preditiva
  7. Monitoramento sem fio e equipamentos conectados
  8. Nuvem e colaboração em tempo real
  9. Digitalização 3D e fotogrametria
  10. Tecnologia BIM

Tecnologias que as construtoras mais buscam nos EUA

Segundo uma pesquisa da JBKnowledge apresentada por Marcus Anselmo, os drones são, disparado, a inovação que as construtoras norte-americanas mais utilizam em sua rotina. 37,8% das companhias optam pelo uso dessa tecnologia, enquanto as construções pré-fabricadas ocupam o segundo lugar de busca pelas construtoras, com 19,9%.

Já no setor imobiliário, Anselmo mostrou o que espera ser visto nos próximos 3 anos, de acordo com a KPMG:

  • Real-time asset performance data (30%)
  • Letting activity (14%)
  • Customer data (23%)
  • Building optimization (17%)
  • Transactions (16%)

Dois tipos de inovação

Marcus Anselmo também apresentou que há dois tipos diferentes de se fazer inovação:

– Eficiência

– Modelo de negócio

No âmbito da eficiência, foram apontadas 8 startups:

  1. PlanGrid
  2. Controller
  3. Doxel
  4. Smartvid.io
  5. DroneDeploy
  6. CoteAqui
  7. FullStack Modular
  8. BuiltRobotics

No âmbito de modelo de negócio, Anselmo destacou 10 iniciativas:

  1. Opendoor
  2. Point
  3. Cashme
  4. Roofstock
  5. Decorati
  6. QuintoAndar
  7. Lianjia
  8. Blokable
  9. Katerra
  10. Tecverde

A revolução digital já começou

Para terminar sua apresentação e comprovar que, de fato, a tecnologia é o principal elemento na revolução das construtechs, o palestrante trouxe dados de uma pesquisa da CBInsights.

A pesquisa mostra que as startups focadas no ambiente de obra levantaram $1.1 bilhões só nos últimos três anos. Já no mercado imobiliário, apenas em 2017, foram investidos $1 bilhão.

Com base nesse crescimento, vêm surgindo fundos especializados no setor, bem como empresas tradicionais da construção que buscam soluções por meio da inovação e da tecnologia. Projetos como o Alpha Inova, Vetor AG, Hackathon Duratex e outros foram mencionados por Anselmo.

Como disse o palestrante: “nos próximos dois anos viveremos um boom de startups no setor. Estamos apenas no início”.

Confira as respostas de Marcus Anselmo para as seguintes perguntas no vídeo:

  1. Como as empresa tradicionais podem se beneficiar do relacionamento com construtechs e proptechs?
  2. Por que você acredita que o futuro das construtoras e incorporadoras está nas startups?

Sobre o Construtalk Floripa

O Construtalk é uma série de eventos itinerantes que discute inovação e tecnologia na construção civil. A última edição reuniu profissionais do setor no Auditório da Softplan, na capital catarinense. A 1ª edição aconteceu em Belo Horizonte, a 2ª em Goiânia e a 3ª na cidade de Recife. O evento é realizado pelo Buildin.

Com saldo positivo para os envolvidos, o Construtalk Floripa teve um público formado, em sua maioria, por decisores, ou seja, pessoas que têm poder direto na mudança de mentalidade da construção civil em relação ao uso de inovação e tecnologia.

A proposta do evento foi mostrar e debater o panorama de inovações e tecnologias disruptivas que impactam o setor. Os participantes tiveram a oportunidade de conhecer cases reais de empresas tradicionais que vêm quebrando velhos paradigmas.

Do outro lado, construtechs também estiveram presentes e mostraram o que as startups estão fazendo para transformar o mercado da construção durante o pitch time.

Entre os participantes estavam gestores de construtoras e incorporadoras, empreendedores, investidores e estudantes.

Tem mais evento por aí… Construsummit 2018

Para fechar 2018 com chave de ouro, a segunda edição do Construsummit está com inscrições abertas. O evento é um dos mais importantes da Indústria da Construção e discute como a tecnologia e a inovação impactam o setor.

Neste ano, o encontro acontecerá em dois dias inteiros de imersão em conteúdo de alto nível. Em 28 e 29 de novembro, São Paulo receberá cerca de 500 pessoas no auditório do Holiday Inn Anhembi.

Dentre os palestrantes, estarão presentes nomes nacionais e internacionais:

  • Gerry McCaughey Fundador e CEO da Entekra Inc. e Century Homes;
  • Jeff WilsonFundador da Kasita;
  • Masa NoguchiFundador e Coordenador da Rede ZEMCH e Professor de Design Ambiental da Universidade de Melbourne;
  • Marcelo NakagawaInnovation Researcher no PGT-USP; Professor no Insper, FIA, Vanzolini, Butantan, FAPESP;

Conheça outros palestrantes aqui.

Foto do Autor

Autor
Vanessa Farias

Jornalista e Analista de Conteúdo do Buildin.

Comentários