Uma senha sera enviada para seu e-mail

Voltado ao mercado de impermeabilização, o Programa de Inovação Aberta da Vedacit, o Vedacit Labs, anunciou, no último dia 18 de março de 2019, as 5 startups selecionadas em seu primeiro ciclo.

São elas:

  • Net Resíduos, de Belo Horizonte (MG)
  • Obra Azul, de Belo Horizonte (MG)
  • Programa Doce Lar, de Navegantes (SC)
  • Lógica-e, de São José (SC)
  • Construcode, de Salvador (BA)

De acordo com a Vedacit, cerca de R$ 2 milhões foram investidos no desenvolvimento do Vedacit Labs, que contou com mais de 300 startups no processo de seleção. Destas, apenas 15 participaram do Pitch Day, em 17 de dezembro de 2018.

Como forma de promover o desenvolvimento do setor de construção civil, o Vedacit Labs vai buscar ampliar a oferta de soluções.

Isso será feito, conforme explica a Vedacit, com o desenvolvimento de produtos, serviços e novas tecnologias. Ou seja, promovendo o incremento de agilidade e inovação por meio das startups selecionadas no Vedacit Labs.

Luis Fernando Guggenberger, gerente de Inovação e Sustentabilidade da Vedacit, contou sobre o que a empresa espera do Vedacit Labs agora.

“A intenção é contribuir com a construção de um ecossistema de inovação para o setor da construção civil brasileira por meio das construtechs”, diz.

Assim, de acordo com ele, neste primeiro ciclo foram escolhidas startups que pudessem contribuir com o que ele chama de jornada de expansão. “[As startups selecionadas] apresentam negócios e projetos realmente promissores em nosso mercado”, acredita.

Conheça as 5 startups selecionadas pelo Vedacit Labs

No primeiro ciclo do Vedacit Labs foram selecionadas startups que já estivessem com MVP pronto e com elevado potencial de expandir sua atuação.

Confira como atuam cada uma das 5 startups selecionadas pelo Vedacit Labs.

Net Resíduos

Vedacit Labs

Plataforma online para gerenciamento dos dados sobre a cadeia de geração, transporte e destinação de resíduos. Assim, tem como objetivo reduzir custos e riscos de produção.

Obrazul

Vedacit Labs

Marketplace que tem como finalidade a indicação de profissionais ou serviços e produtos para o consumidor em sua região.

Programa Doce Lar

Vedacit Labs

Empresa especializada na promoção de melhorias habitacionais, como reformas e ampliações em larga escala de residências. Assim, tem como foco a melhoria da qualidade de vida dos seus clientes. Isso por meio de produtos e serviços de qualidade comprovada, além de financiamento acessível a longo prazo.

Grupo Lógica-e

Vedacit Labs

Trata-se de uma startup de soluções de Internet of Things (IoT) que, por meio de sensores, leva conceitos da indústria 4.0 para a construção civil. Assim, o Grupo Lógica-e faz a integração de sensores, hardwares e softwares com uma tecnologia que, segundo o Vedacit Labs, ainda não é encontrada no mercado brasileiro. Tais sensores podem, dentre outras funcionalidades, realizar serviços de diagnóstico em obra.

ConstruCODE

Vedacit Labs

A Construcode possui uma plataforma que visa a auxiliar na distribuição de informações em obras. E a proposta é fazer isso por meio de aplicativo que converte projetos em etiquetas inteligentes. Assim, a empresa afirma garantir 100% de atualização das plantas nos canteiros de obras.

Próximos passos do Vedacit Labs

Vedacit Labs

Agora, as 5 startups selecionadas pelo Vedacit Labs contam com um investimento de R$ 100 mil no formato de Seed Money.

Além disso, contarão com o benefício de residência no WeWork de São paulo por seis meses, de aceleração em parceria com a Liga Ventures por quatro meses e incentivo para geração de negócios no segmento de construção civil.

Além disso, cada construtech passa a contar com um padrinho. Ou seja, um executivo da alta gestão da Vedacit. Este profissional  atuará diretamente com a startup. Sua função é lançar um olhar estratégico para o negócio.

E atenção! O segundo ciclo do Vedacit Labs já foi confirmado para 2019 pela Vedacit. Por isso, a expectativa é de que as inscrições sejam abertas no segundo semestre.

Programas de aceleração para a construção civil

Você tem visto no Buildin uma série de iniciativas de empresas interessadas em fomentar inovação e transformar a construção e a engenharia civil. Assim, são programas que, por exemplo, promovem aceleração em parceria com grandes empresas, como a Cyrela ou a Andrade Gutierrez.

Vedacit Labs

Muitas vezes, as ações se concentram em programas de inovação aberta, especialmente em programas de aceleração. Assim, incluem mentoria com especialistas em períodos que variam de, por exemplo, quatro meses de aceleração ou seis meses de residência a períodos mais longos dentro das empresas. Então, em alguns casos, há aportes financeiros para desenvolvimento das startups.

Assim, a Vedacit aposta nesse modelo. Então, o Vedacit Labs é a forma que a empresa encontrou para se conectar a startups. Ou seja, a iniciativas capazes de auxiliar a gerar negócios e a desenvolver novos produtos e soluções.

Em entrevista para o Buildin durante o Construtalk Recife, Luis Fernando Guggenberger, Gerente de Inovação e Sustentabilidade da Vedacit, conta como tem sido a aproximação da Vedacit com as construtechs

Como funciona o Vedacit Labs?

O programa de aceleração da Vedacit foi desenvolvido em parceria com a Liga Ventures.

Vedacit Labs

Assim, a ideia é fomentar startups de construção capazes de:

Assim sendo, nesse primeiro ciclo as cinco startups selecionadas receberão benefícios como:

  • Mentorias de experts, com metodologia e quatro meses de aceleração em parceria com a Liga Ventures
  • Acesso à rede de mentores Vedacit e à rede de contatos da Liga Ventures, inclusive potenciais parceiros e investidores
  • Acesso aos laboratórios e linha de produtos Vedacit
  • Estrutura para trabalho no WeWork, em São Paulo
  • Investimento de R$ 100 mil por participação societária de 5%

Como se deu a seleção das startups no Vedacit Labs

Vedacit Labs

O processo de seleção do Vedacit Labs ocorreu em cinco etapas:

  • Inscrição com preenchimento de formulário de inscrição do Vedacit Labs;
  • Avaliação;
  • Entrevistas;
  • Pitch Day;
  • Processo de aceleração.

De acordo com a Vedacit, foram três os principais critérios:

  • Time forte e complementar;
  • Modelo de negócios consistente e escalável;
  • Sinergia com um dos temas propostos.

Uma vez que o objetivo do programa é a geração de negócios, as startups interessadas precisavam já possuir MVP funcional ou estar nos primeiros clientes.

Assim, o programa Vedacit Labs considera fundamental para o sucesso da parceria que as startups escolhidas tenham fundadores extremamente dedicados ao processo de aceleração. Ou seja, comprometidos com a rotina de reuniões e mentorias durante o processo de aceleração que se segue a partir de agora.

Dentre os temas propostos pelo edital do Vedacit Labs, os que atraíram maior quantidade de inscritos foram:

  • Gestão e monitoramento de obras
  • Inteligência digital para construção civil
  • Capacitação de mão de obra

Temas propostos pelo primeiro ciclo do Vedacit Labs

Entre as prioridades para o primeiro ciclo do Vedacit Labs estavam 10 áreas que, na visão dos idealizadores do programa, possuíssem grande potencial de gerar ganhos com a inovação.

Vedacit Labs

Assim, são elas:

  1. Internet das coisas e sensores;
  2. Diagnóstico, gestão e monitoramento em obras;
  3. Plataformas para a indicação e contratação de profissionais;
  4. Soluções para impermeabilizar sistemas de captura e reuso de água;
  5. Soluções para melhoria dos processos construtivos e impermeabilização;
  6. Plataformas para a capacitação de profissionais e faça você mesmo (DIY);
  7. Building Information Modeling (BIM);
  8. Inteligência digital;
  9. Big Data para construção;
  10. Sistemas de impermeabilização para empreendimento voltados à população de baixa renda.

Conclusão

Como pudemos ver, a Vedacit é uma das empresas da construção civil que já percebeu a importância da inovação para o sucesso e sustentabilidade de seus negócios nessa nova era da construção civil.

Assim, compartilhe este texto nas suas redes sociais para disseminar cada vez mais as grandes iniciativas da construção civil brasileira no sentido de fomentar a inovação e a tecnologia.

Até mais!