Uma senha sera enviada para seu e-mail

Em 2018 participei com grande prazer da fase final de seleção das startups a serem aceleradas pela Vetor AG. Fiz parte de um júri com outros 9 profissionais, incluindo especialistas em inovação, engenheiros e consultores.

O programa de aceleração Vetor AG é o primeiro programa de aceleração de startups no Brasil totalmente focado em testar em campo tecnologias que visam à redução de custos e aumento de produtividade na indústria da construção. A Vetor AG foi criada pela Construtora Andrade Gutierrez (AG).

Na primeira etapa da seleção, as 150 empresas candidatas apresentaram suas ideias para os 11 desafios priorizados pela empresa que iam desde questões relacionadas a concreto até gestão de canteiros. Foram classificadas 25 empresas para o segundo round, aquele de que eu participei. E, por fim, ficaram as 7 que estão no programa de aceleração.

Mas, o que vem a ser a tal aceleração? Um modelo de incubação, embasado por uma metodologia estruturada, no qual as empresas selecionadas desenvolvem soluções inovadoras e as testam em projetos-piloto e em obras da AG.

O que a Vetor AG oferece

Na prática, o que a Vetor AG oferece a suas startups são quatro elementos fundamentais:

  1. Infraestrutura;
  2. Mentoria;
  3. Treinamento;
  4. Laboratório.

Infraestrutura

A maioria das startups de construção surgem da mente inventiva de jovens engenheiros, pessoas físicas sem espaço físico adequado e sem back-office, isto é, infraestrutura para desenvolver a solução. A Vetor AG fornece um espaço de coworking e todo o apoio logístico necessário. A vantagem é que a startup “sai de casa” e ganha um espaço amplo moderno e, muito importante, oportunidade de coabitação com outras startups em grau similar de maturidade. Essa interação ajuda muito o desenvolvimento das ideias e das empresas incubadas. Mas esta não é a maior vantagem, a meu ver.

Mentoria

No seio de uma grande empresa, o desenvolvimento de uma startup é visivelmente mais sólido do que em outro contexto. A razão é simples: numa construtora como a AG, a ideia da startup pode ser adaptada para diversos tipos de obra e, com isso, ganhar mais robustez e atingir um público-alvo maior. Mas, o que para mim é a maior vantagem da AG, é que os novos empresários podem contar com o aconselhamento de diversos profissionais tarimbados da AG. É aí que reside o grande diferencial da Vetor AG.

Treinamento

A Vetor AG, além de fornecer espaço, fornece também treinamento em gerenciamento de projetos, desenvolvimentos ágeis, design thinking e outras ferramentas que permitem um aprimoramento das startups.

Laboratório

Por “laboratório” me refiro a obras. Sim, porque para uma startup da construção (construtech) não basta a ideia ― é preciso testá-la. Se a ideia se refere ao lançamento de cabos de uma linha de transmissão com drone, como saber se a solução dá certo se não for testando-a numa linha de transmissão real?

É aí que a AG e as empresas aceleradas deitam e rolam! A AG abre as portas para os testes e as startups têm as obras que sempre buscaram. Além disso, testando com o usuário real, as stratups podem receber feedbacks valiosos. Assim, podem fazer melhorias em suas soluções, acelerando o ciclo de aprendizagem.

É por ter vivido essa experiência que encorajo construtoras a se associarem em clusters ou hubs. Os Sinduscon estaduais podem ter um papel destacado nessas iniciativas. Os resultados são bastante positivos.