Uma senha sera enviada para seu e-mail

Andrea Lucarelli é gerente de projetos na PHX Architecture, em Scottsdale, Arizona. Sua formação profissional abrange trabalhos para instituições de ensino superior, projetos de obras públicas, bibliotecas e hotéis. Seus interesses estão centrados em liderança e educação. Ela se voluntariou no American Institute of Architecture Students (AIAS) – ou Instituto Americano de Estudantes de Arquitetura – e ocupou uma série de posições de liderança na filial do Arizona. Lucarelli acredita no benefício de se envolver com organizações comunitárias para promover orientação profissional.

É engraçado eu acabar em posição de liderança porque eu nunca teria levantado a mão para me candidatar a qualquer um desses cargos. Eu não comecei me perguntando: “Como posso entrar na diretoria?” Isso só aconteceu porque alguém me disse que eu deveria tentar.

Essa experiência certamente me ajudou a orientar a formação profissional de outras pessoas sobre como se envolver, porque o que eu penso é: “Se eu fiz isso sem qualquer planejamento, eles também podem.” É o fato de receber apoio que realmente ajuda. E agora eu tento fazer isso com outras pessoas.

Arquiteta Andrea Lucarelli fala sobre sua formação profissional

Gerente de projetos, Andrea Lucarelli conta como a experiência de visitar obras trouxe visão técnica à formação profissional que teve na faculdade

Depois da faculdade, entrei para uma pequena empresa, o que ajudou muito minha formação profissional. Eu pude fazer todos os tipos de coisas todos os dias: atendia aos telefones, mas também fui a reuniões com clientes e pude ir a campo. No final isso me deixou bem versátil. Também foi bom porque eles me deixaram voluntariar ao AIAS. Eu sei que, para algumas empresas maiores, o que importa são as horas trabalhadas. Mas nessa empresa, eles me deram muito apoio. Para mim, no início da minha carreira, era exatamente o que eu precisava.

Um ponto de virada para a minha formação profissional e a de outros estudantes é começar a ir para obras. As coisas realmente começam a fazer sentido quando você faz o projeto no escritório e, em seguida, vai a campo. É uma grande responsabilidade e um marco importante. Na obra os empreiteiros ou proprietários fazem perguntas e você sabe as respostas, porque é o seu projeto. É um ótimo jeito de conseguir confiança.

Há um lado totalmente diferente das coisas que você não conhece quando se forma na faculdade. Você tem apenas uma mentalidade, e se unir à AIA seria a minha sugestão para os jovens profissionais. Ele abre muitas oportunidades e você aprende sobre assuntos que complementam sua carreira e sua formação profissional.

Confira aqui o texto original em inglês.