Uma senha sera enviada para seu e-mail

Recentemente, apresentei um webinar sobre validação do planejamento de uma obra. O webinar foi em inglês porque se direcionava ao público internacional. Nele, eu falei sobre o que é validar e as técnicas utilizadas.

Validar um planejamento nada mais é do que atestar se o cronograma da obra serve como instrumento de gestão, seja do ponto de vista do construtor, seja do ponto de vista do contratante.

Para o construtor, validar o cronograma tem a função de garantir que aquela multiplicidade de atividades mostradas como barras no tempo realmente reflete como o construtor pretende executar a obra.

Para o contratante, a validação tem a utilidade de mostrar se o cronograma do construtor é coerente e realista. Aliás, é em função do cronograma que o contratante gerencia suas tarefas de liberação de áreas, fornecimento de projeto e provisão de recursos financeiros.

O importante na validação é dissociar o PLANO DE ATAQUE de CRONOGRAMA. Enquanto o plano de ataque representa como a empresa pretende executar a obra — metodologia, sequência, acessos, fases da obra — o cronograma reflete este plano de forma esquemática ao longo do tempo — barras, calendário, programação.

Para ser válido, o cronograma precisa ser coerente com o plano de ataque, mas isso nem sempre é o que se vê.

Gostou do tema? Então assista ao webinar completo aqui!